segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Droga caseira come a carne dos usuários até ela apodrecer.

EUA: mais poderosa que a heroína, droga caseira come a carne dos usuários até ela apodrecer.
Foto mostra homem russo sofrendo os efeitos colaterais da droga "Krokodil". Centro de Controle de Intoxicações no Arizona (EUA) registrou dois casos da doença

O Estado do Arizona, nos Estados Unidos, teme uma epidemia de uma droga três vezes mais barata que a heroína. Apelidada de "Krokodil", ela come a carne do usuário de dentro para fora e deixa os viciados com pele de réptil.
Segundo o jornal "dailymail", o entorpecente, mais popular na Rússia, é criado por uma mistura de codeína, gasolina e óleo injetadas no corpo dos usuários.
De acordo com o Centro de Controle de Intoxicações no Arizona, a droga foi encontrada quando dois viciados chegaram num hospital local com sua carne pendurada fora de seu corpo. A aparência deles era semelhante a de um crocodilo, já que traziam a sua pele totalmente exposta, dando para ver até mesmo seus ossos.
Ainda de acordo com o "dailymail", o uso contínuo de "Krokodil" provoca constrição dos vasos sanguíneos, deixando a pele verde e escamosa entre os toxicodependentes. Ela também pode causar gangrena e apodrecer a carne dos usuários.
Somente na Rússia, local em que a droga é encontrada com mais frequência, 2,5 milhões de pessoas tiveram de ser tratadas pelo uso da substância, que pode diminuir a média de vida do usuário para apenas dois anos.
"Quando os usuários utilizam a droga de forma contínua, ela provoca o endurecimento da pele e pode causar necrose", explicou o Dr. Frank LoVecchio, do Centro de Controle de Intoxicações no Arizona.
O médico se recusou a dar mais detalhes sobre a droga para preservar a identidade dos usuários.

Leia mais em: http://zip.net/bnk2GR

Nenhum comentário:

Postar um comentário